Skip to main content

Anedota: O Boi de Lisboa

Havia um alentejano, daqueles alentejanos cheios de massa, mas que não sabem nada, que queria vir a Lisboa mas não sabia onde era.

Então perguntou a um compadre que já cá tinha vindo.

O outro explicou-lhe assim:
— Olhe, compadre: você vai andando no seu carro; quando vir prédios muito altos, é aí que é Lisboa.

O homem assim fez. Chegou a Vila Franca de Xira, viu prédios altos, parou, entrou numa barbearia e perguntou ao barbeiro:
— Oiça lá, amigo: é aqui que é Lisboa?

— Não senhor: aqui é terra de bois e toureiros.

— Então você é toureiro!

— Não, não sou.

— Eh, Diabo!…