Skip to main content

Anedota: Não me enganas!

O homem vai ter com o vizinho para lhe pedir o escadote emprestado. O vizinho diz-lhe:
– Lamento, mas emprestei-o ao meu filho e ele ainda não mo devolveu… Já lá vão dois meses…

– Pois, sabe como é… Não lho devia ter emprestado… Uma pessoa empresta uma coisa a um filho e depois nunca mais a vê! Vai ter sorte, se ele lhe devolver o escadote.

– Bem, também não faz mal. O escadote nem é meu, é do meu pai!