Skip to main content

Anedota: Precisava de ser empurrado

Depois de ouvir gritos, o dono da casa levanta-se, vai à janela e pergunta:
– O que queres? Onde é que tu estás?

– Olá, eu sei que é tarde – grita um homem – mas preciso que alguém me empurre, e sua casa é a única nesta região. Preciso que me empurres!
Louco da vida, o recém-acordado replica:

– Eu não te conheço, são 4 horas da manhã, e me pede para te ajudar? Aaahhh… esquece! E ele volta pra cama.

A mulher, que também acordou, não gosta da atitude do marido:
– Exageraste. Já ficaste sem bateria antes, bem que podias ajudar esse gajo.

– Mas ele está bêbado – desculpa-se o marido.

– Mais um motivo pra ajudá-lo! – insiste a mulher – Ele não vai conseguir sozinho. Tu que sempre foste tão prestativo…

Tomado por remorsos, o marido veste-se e vai para a rua. Procura o bêbado e diz:
– pá, vou te ajudar! Onde é que estás?

E o bêbado grita:
– Aqui!!! No balanço do jardim!