Skip to main content

Anedota: O Primeiro Advogado no Céu

Há muitos, muitos anos, chegaram juntos ao Céu um advogado e um Papa.

São Pedro mandou o advogado instalar-se numa bela mansão de 800 m2, no alto de uma colina, com um fabuloso jardim, pomar, piscina, etc…

O Papa, que vinha logo atrás, pensou que seria contemplado com um palacete, mas ficou branco como a cal quando São Pedro lhe disse que ele deveria morar num apartamento T1 na periferia.

Irritado e incrédulo, o Santo Padre observou:
– Não estou a entender! Esse sujeitinho medíocre, um simples advogado, recebe uma mansão daquelas e eu, Sumo Pontífice da Igreja do Senhor, vou morar nesta espelunca!

São Pedro, pacientemente, respondeu:
– Espero que Sua Santidade compreenda! De papas, está o Céu cheio, mas advogados, este é o primeiro que recebemos!