Skip to main content

Anedota: A Virgem Maria em Portugal

Vira-se a Virgem Maria para S. Pedro, que tinha as chaves das portas do Céu:
– S. Pedro, amanhã posso ir a França?

– Podes, mas tens que chegar até à meia-noite, meia-noite e meia, e depois contas o que se passou!

Chega à meia-noite:
– Toc! Toc!

Diz o S. Pedro:
– Quem é?

– Sou eu! A Virgem Maria!

– Então?! Como é que foi lá a França?

– Ó pá! Espectacular! A torre Eiffel, o Louvre, …, lindo, lindo… Ó pá!

S. Pedro, amanhã posso ir a Inglaterra?

– Podes, pois! Mas já sabes, meia-noite, meia-noite e meia, e depois contas como foi!

Chega à meia-noite e meia:
– Toc! Toc!

– Quem é?

– Sou eu! A Virgem Maria!

– Então?! Como é que foi lá a Inglaterra?

– Ó pá! Lindo! O Big Ben, o Palácio de Buckingham,…. S. Pedro, amanhã posso ir a Portugal?

– Ó pá, podes! Mas chega mais ou menos a esta hora, não chegues mais tarde que a meia-noite e meia!

Chega à meia-noite,…meia-noite e meia…, uma…, duas…, três…, quatro…:
– Toc! Toc!

– Quem é?

– Diz o S. Pedro meio adormecido.

– É A MARIA!!!